Versão teste de FIFA 18 está liberado para assinantes da EA Acess

Quem tem Xbox One está bem contente nesse momento, uma vez que todos os modos estão liberados, conferimos o game e fizemos um resumão do que vimos.

by:

CríticasGames

O game FIFA 18 será lançado somente semana que vem, mas para quem tem Xbox One com assinatura da EA Acess, uma espécie de Neflix da desenvolvedora de game, conseguiram jogar 10 horas da versão Teste, disponível desde ontem para download na plataforma do console. Ou seja, todos os times liberados, The Ultimate Team, A Jornada 2 – Alex Hunter, Modo Carreira para o fã aproveitar.

Nós da redação conferimos o game e daremos uma palhinha para você que ainda não adquiriu a na pré-venda a nova versão de FIFA 18.

Jogabilidade

Esse é o segundo ano do motor gráfico padrão da EA, Frostbite, no game, e logo de cara dá para notar grandes diferenças de ambientação da partida.

Cada jogador tem um estilo próprio de atuar, parece que cada toque de bola ou chute a gol seja diferente e único, dando a entender que o movimento não será repetido de uma forma sistemática/robótica.

 

Algo que chegou a incomodar é a forma como a rede balança, em determinados momentos, não dá para perceber se realmente foi gol, e no FIFA 17 não tinha esse problema, ficava claro a agitação das cordas.

Mas nada que afete o que as partidas, uma vez que eles melhoram o estilo dos jogadores dando um toque ainda mais de realidade, inclusive os dribles estão em sitônia com o jeito do personagem, por exemplo, Cristiano Ronaldo no corte, Neymar no chapéu.

Torcida

Uma coisa que a EA Sport havia anunciado e cumpriu foi a torcida nos estádios, a multidão agora tem uma interação perfeita com as partidas, principalmente quando você é o mandante ou visitante. Os aplausos, vaias, e até abraços quando o jogador vai comemorar com o fã está muito atraente. Conseguiram fazer com que ela seja um fator importante e não mais um efeito visual.

A Jornada 2 – Alex Hunter

A principal novidade fica pela possibilidade de jogar em multiplayer as disputas de Alex Hunter. Agora existe a possibilidade de modificar o Hunter, por exemplo, cortar cabelo, colocar tatuagem, o estilo da vestimenta e o jeito de como usar o uniforme da partida, isso tudo fez com que o leque de opções aumente e deixe o modo menos engessado. Sem contar com o início da história, disputando uma espécie de FIFA Street na favela do Rio de Janeiro.

Algo que incomodou é a dublagem, talvez manter a fala original dos personagens fosse mais interessante do que editar para o português brasileiro. (Não achamos como alterar essa opção, mas talvez tenha dentro da configuração, voltar a linguá)

Modo Carreira – Manager

O FIFA 18 evoluiu a questão de como são feitas as transferências, conseguiu dar dinamismo e interação com animações de reuniões para definir valores e clausulas para contratar o jogador, além de permitir deixar com que algum dirigente do clube cuide da situação. Dando uma variada, pois, antigamente a transação demorava dias para serem concluídas, agora elas podem ser finalizadas somente em um.

FIFA 18 consegue evoluir o que já era bom

O game conseguiu avançar ainda mais na realidade da partida, aproximou ainda mais o player da sensação de ser um jogador de futebol, contando a vida do Alex Hunter, além de evoluir a forma do Modo Carreira. Então o FIFA 18 trabalha bem a ideia do real no virtual, com um toque de excelência por parte da EA Sport em manter o Frostbite.

Vale lembrar que essa é uma versão teste para assinantes da EA Acess, talvez a produtora ainda tenha algo em segredo para o lançamento, ou realmente essa é a versão final do game que será lançado no próximo dia 29 de setembro para Xbox One, Xbox 360, PS3, PS4, PC e Nintendo Swicth.

Trailer FIFA 18

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *