DragonBall Xenoverse 2 Crítica

by:

CríticasGames

Mais um game de luta inspirado em anime foi lançado no dia 25 de outubro, para ampliar ainda mais a quantidade de jogos da Bandai Games para Pc, Xbox One e Ps4: Dragonball Xenoverse 2.

O game é de luta com elementos de RPG, distribuído pela produtora japonesa e baseado no tão aclamado Dragonball, como o próprio nome já diz.

Por ser de combate, ele tem as particularidades que sempre foram explorada pela saga, como mapas grandes, lutadores trocando poderes de longe e até destruição de cenário. O jogo segue como sequência de Xenoverse 1 na história onde você controla um novo patrulheiro do tempo. A história é desenvolvida como seu antecessor, com novos personagens e novas batalhas.

Seu gráfico deu uma melhorada em relação ao primeiro, mas para nova geração eles poderiam ter explorado um pouco mais. A forma de como o ambiente some conforme o ritmo de golpes e poderes melhorou, com ataques mais centrados, exatamente no local batido e com a mesma proporção de intensidade do punho ou chute. A personalização do personagem foi ampliada com novos poderes, roupas e equipamentos.

O jogo  recomenda missões secundárias não só para aumentar sua força, como também para liberar outros acessórios. Cumpra-as para aproveitar mais do jogo e se estressar menos.

Os servidores funcionam bem e tem modo contra e cooperativo, deixando as partidas jogando com colegas mais divertidas e permitindo conhecer outras combinações de golpes e personalização.

Realmente é um jogo muito divertido para o fã. Quem adorou o primeiro e comprar o segundo, só tem a ganhar. Mas quem gosta do anime ou de luta, até mesmo os dois, deve avaliar se vale o investimento no momento ou se deixa reduzir o valor. Sua nota é 7, pois poderia ter explorado mais o gráfico e a personalização, mas ainda sim é um jogo divertido e que vale seu lugar na coleção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *