Crítica | Yesterday romantiza um tributo aos The Beatles

by:

CríticasFilmes

Sabe aquela comédia romântica doce, leve, tranquila que pega o público pela simplicidade e cativa no tema? – Darei um tempo para pensar. Caso não se lembre e goste desse estilo de filme, vá ao cinema mais próximo e assista Yesterday.

O título representa aquilo que o longa propõem: imagine viver, em 2019, no mundo paralelo em que a banda “The Beatles” não existisse, e somente uma pessoa lembrasse das músicas e clássicos criado pelo grupo. Diante desse enredo temos Jack Malik ( Himesh Patel), um cantor e compositor falido que após um acidente vive em um ambiente que não conhecia John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr.

E ao acompanhar toda a trajetória do músico simples do interior da Inglaterra, aclamado pelo por todos, o filme Yesterday consegue fazer um tributo aos fãs de respeito, porém nada sensacional. Além de entregar uma história romântica, simples e esquecível, para construir um arco em torno do personagem principal e suas idas e vindas diante de cada ato apresentado pelo diretor Danny Boyle (Steve Jobs – 2016; 127 Horas – 2011).

(from left) Director Danny Boyle and Himesh Patel on the set of Yesterday.

Claro que ao brincar com a inexistência The Beatles é divertido, pois o maior acerto do roteiro é a forma de como Jack Malik tenta lembrar das musicas da banda de Liverpool, passando por diversos lugares em que o quarteto usou para ter o “processo criativo”, sendo aí a melhor sacada do longa.

Vale lembrar da participação mais que especial do cantor Ed Sheeran no elenco. Ele apareceu em diversos momentos da narrativa e conseguiu atuar bem, mas isso não vale muito pois não teve que construir um personagem, só precisou ser ele mesmo.

Não tem muito que destacar do elenco de apoio, pois serviram somente para fazer uma base simples de decisões do Jack Malik, nada demais.

Mas Yesterday consegue atrair com seu jeito simples de contar uma história que aconchega e brinca com “a maior banda do mundo”, mostrando locais, ideias e músicas que “The Beatles” apresentou para o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *