Crítica | Tom & Jerry: O Filme agrada todas as idades?

by:

CríticasFilmes

Dirigido por Tim Story (Quarteto Fantástico e Policial em Apuros) e estrelando Chloë Grace Moretz e Michael Peña, Tom & Jerry: O Filme chega às telonas com aquele ar de nostalgia para os adultos e apresentando a famosa dupla para as crianças. Com um novo visual, gráficos ultra realistas e a mistura de  animação e live-action, o longa chega com uma grande promessa de agradar todas as idades, mas será que isso realmente acontece? 

Quando a dupla mais antiga e amada da TV se muda para o melhor hotel de Nova York, na véspera do casamento mais esperado do século, os funcionários do local começam a enfrentar alguns problemas e tentam ao máximo controlar a situação e deixar tudo organizado para a cerimônia. Mas, será que a rivalidade entre gato e rato vai ser deixada de lado, quando eles precisam se unir para resolver um problema maior? Bom, como somos do bem: NADA de spoiler para vocês… No entanto, podemos fazer algumas observações e assim, você decide por si se compensa mesmo assistir o longa! 

Podemos já começar com a fajuta dublagem do Ratinho como o Jerry e Tom Cavalcante como Tom… que surto foi esse Warner? Não sei se vocês lembram, mas a nossa duplinha favorita não costuma falar muito, não é mesmo? Bom,  no filme isso não é diferente e é exatamente por isso que toda essa publicidade do apresentador e do humorista não atenderam as expectativas, sendo que ambas participações passam quase despercebidas no longa. 

Michael Peña também não entregou uma de suas melhores representações e deixou a desejar como o vilão da história, uma pena, pois tinha tudo para dar certo.  A sensação que tenho é que o roteirista, Kevin Costello, perdeu muito tempo desenvolvendo a parte animada de Tom & Jerry: O Filme e se esqueceu de trabalhar as cenas com os atores. Em alguns momentos parece que estamos vendo dois filmes distintos, pois os mesmos não se conversam, além do alongamento desnecessário para um longa dessa categoria. 

A produção também nos proporciona pontos positivos, como a interpretação de Kayla (Chloë Grace Moretz), atriz principal do filme, que deixa a trama bem mais suave e engraçada. As caras e bocas feitas por ela arrancam risadas até dos mais céticos e dá um grande up no longa, se compararmos com o desenho original de 1940, onde os humanos pouco apareciam. 

Fora as cenas clássicas de perseguição, o filme também traz muitas referências de outras produções da Warner, como o local onde a trama ocorre: um hotel, trazendo rapidamente a Convenção das Bruxas em nossa mente. Todas essas aparições e a mensagem que o filme passa, de união e família, conseguem deixar a história muito divertida e leve de se assistir… Com certeza uma boa opção para uma tarde com as crianças. 

Confira o trailer de Tom & Jerry: O Filme aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *