Convenção das Bruxas | História fiel, porém menos macabra puxa remake

by:

CríticasFilmes

Nostalgia é a palavra que geralmente a indústria do cinema procura a cada dez anos. Uma vez que temos lançamentos de remakes para atrair uma nova safra de adeptos e estimular a geração antiga a participar, é assim com Star Wars, Nasce Uma Estrela, entre outros. “Então qual filme seria a bola da vez?”, o que acha de pegar um conto de bruxas, baseada na obra da Dalh, para crianças que fez sucesso na década de 90 e apresentá-lo novamente? Isso mesmo, estamos falando de Convenção das Bruxas.

Para você (assim como eu) nascido na década de 90 vai lembrar daquelas mulheres que tiraram suas perucas e tiveram suas caras transformadas diante de um evento para acabar com as crianças do mundo. Tudo isso está nessa nova visão de filme, porém com um toque a mais de “seguimos a história criada no livro” com um preciosismos maior na explicação e colocando polemica na adaptação.

Estrelado por Anne Hathaway (Bruxa Rainha), Chris Rock (narrador) e Octavia Spencer na pele da avó que tem o neto transformado em rato, tivemos um longa em que a fidelidade esteve presente, diferente do antecessor e ícone da cultura pop, porém causará estranheza para alguns que lembram dos sustos e medos que tiveram com o filme criado no ano anterior.

Claro, Convenção das Bruxas de 2020 aproveita de muitos fatores que auxiliam na melhora visual e fotografia do longa, esse é seu maior triunfo. Seus atores, escolhidos a dedo, fazem jus aos personagens e conseguem tirar risos em momento sensíveis da trama. Algo que talvez possa incomodar um pouco aos fãs do livro, pois o tom não é mesmo e sempre teremos um alívio de tensão durante os atos.

Diante disso, a trama de Convenção das Bruxas não causa tanto terror quanto seu antecessor, mas diverte e aproxima a família com uma história diferente entretanto mais fiel. Com um roteiro divertido e elenco de peso, é um bom filme de “Sessão da Tarde”.

Convenção das Bruxas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *