Battlefield 1 – Crítica

by:

CríticasGames

Finalmente chegou! Um dos games mais aguardados desse ano e muito caro também. Battlefield 1 foi lançado oficialmente no dia 21 de outubro, trazendo para nós a nostalgia de games de primeira e segunda guerra mundial, sendo distribuído para PC, PlayStation 4 e Xbox ONE.

Com sua engine FrostBite, ele tem gráficos consideravelmente superiores ao Battlefront (último jogo da série já lançado) e conquista principalmente pelos detalhes aplicado que qualifica o game, por exemplo a arma molhada, suja e o reflexo da jogabilidade em primeira pessoa, além de uma ótima expressão fácil.

Como já citei o jogo se passa na primeira guerra se baseando em locais onde ocorreram as batalhas, aliás, muito bem feito os mapas do Battlefield 1. Ele traz a sensação de estar jogando Medal Of Honor (Medalha de Honra) do PS1 com gráficos atuais e ótimo multiplayer garantindo diversão ao todo tempo.

Seu gambf2eplay esta liso, rápido na resposta, muito bem adaptado para os consoles, como seus antecessores. Os servidores estão muito estáveis comparando ao lançamento do Battlefield 4 que era repleto de problemas. Para versão PC o servidores estão a 60hz com um ótimo desempenho. Para os consoles ainda e padrão 30hz.

Modo Campanha tem 6 capítulos 5 deles é o player contra um personagem diferente em locais diferentes e com pensamentos diferentes sobre sua situação atual.

Battlefield 1 veio com ótimos gráficos, perfeito gameplay, um bom enredo, mas o preço muito alto até para os americanos. Já nesse ponto e você quem decide se vale o valor, mas garanto que ele vai te impressionar.

A nota do game está por volta de 9 na escala de 0 a 10, fazer o que? A Electronic  Arts sabe fazer guerra de uma forma muito boa e divertida, por isso essa nota é muito bem merecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *