Crítica | “A Babá: Rainha da Morte” vale a pena?

by:

CríticasFilmes

Sabemos o quanto produzir a sequência de um filme é sempre um desafio e são poucas as vezes que os estúdios conseguem acertar e realmente obter um resultado satisfatório, claramente o que não é visto em “A Babá: A Rainha da Morte”.  O longa do diretor e escritor McG (Joseph McGinty Nichol), repete os mesmos erros da primeira produção e apesar da tentativa de modernizar o enredo inserindo novas personagens, isso não mascarou a extrema bizarrice sangrenta filme.

A nova produção da Netflix deixou muito a desejar no conceito novidade, visto que o longa não agrega nada de novo ao enredo, apenas pontas soltas do filme anterior.

Confira o trailer:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *